Dicas para não ser barrado na imigração

É importante ficar atento para não ser barrado na imigração

De acordo com o órgão de controle das fronteiras da União Europeia, aumentou em 62% o número de brasileiros que ficaram na imigração. No ano passado, 4.984 pessoas foram impedidas de entrar na UE, contra 3.096 deportados em 2017. Com esse aumento, o Brasil é o sétimo país mais barrado no continente.

Segundo o órgão, os principais motivos para a deportação são ausência de visto e a não-comprovação de hospedagem. A não-apresentação dos meios de sustento durante a viagem também tem barrado muita gente. Para que você não contribua para essa triste estatística, seguem algumas dicas de imigração:

  • Não basta ter um passaporte válido. É importante que a validade dele seja de pelo menos seis meses a contar da data da viagem.
  • Caso faça conexão internacional, é importante certificar-se da documentação exigida pelo país em que se fará a troca de aviões. Há uns anos, conheci uma família peruana que vinha da Europa com destino a Lima. Ela ficou na imigração do aeroporto de Miami por não ter o visto americano.
  • Alguns países exigem o Certificado Internacional de Vacinação. A Organização Mundial de Saúde (OMS) disponibiliza uma lista dos países com risco de transmissão da febre amarela. Ela disponibiliza também o rol dos países que exigem vacinação contra a doença. Confira aqui o nosso post de como adquirir o Certificado Internacional de Vacinação.

Mais dicas …

  • Adquirir um seguro-viagem. Além de ser uma garantia de atendimento em caso de imprevistos de saúde, em muitos lugares ele é obrigatório. É o caso dos 26 países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen, que exige que o valor da apólice seja de no mínimo 30 mil euros.
  • Apresentar os meios de sustento da viagem, como cartão de crédito internacional e dinheiro em espécie. No caso deste último, não existe um valor mínimo; mas, em geral, calcula-se US$ 100/ dia.
  • Imprima os bilhetes aéreos, os vouchers de trens e de hospedagem. Caso vá ficar na casa de amigos ou parentes, apresente uma carta-convite do anfitrião.
  • Use roupas apropriadas. Sei que isso é relativo e vai do gosto de cada um, mas não tente impressionar ou ir desleixado demais (bermuda, regata, short etc). Isso pode levantar suspeitas para os oficiais de imigração.
  • O uso de equipamentos eletrônicos (celular, tablet, câmera fotográfica etc) é proibido na imigração.

Leia mais sobre Viagens Internacionais:

Dicas para não ser barrado na imigração

Certificado de vacinação pela internet

Anúncios

Deixe uma resposta