Novas regras para visitação a Machu Picchu

Três homens no sítio arqueológico de Machu Picchu. O do meio é o guia turístico.
A partir de agora, é obrigatório o acompanhamento de guia turístico

O governo peruano estabeleceu novas regras para visitação a Machu Picchu com o objetivo de preservar esse patrimônio da humanidade.

1. Agendamento da visitação a Machu Picchu

É necessário agendar a hora da visitação. São oferecidos nove horários: 6h, 7h, 8h, 9h, 10h, 11h, 12h, 13h e 14h. O mais concorrido é logo cedo, o que significa que o viajante terá que se planejar com maior brevidade para conseguir reservá-lo. É possível comprar o ingresso com seis meses de antecedência. E não adianta chegar mais cedo pensando que vai conseguir ficar mais tempo porque o controle é rigoroso.

A visita a Machu Picchu é agendada pelo site
O site disponibiliza a quantidade de vagas disponíveis para visita

2. Duração da visitação a Machu Picchu

O tempo máximo de visitação é de 4 horas e o controle é da seguinte forma. Na entrada do parque, um adesivo colorido é colado no ingresso informando até que horas o visitante pode ficar no local. As pessoas sempre me perguntam se 4 horas é tempo suficiente e eu respondo que sim. Há três circuitos para visitar as ruínas e o maior deles tem duração estimada em 3 horas. Claro que é mais cômodo fazer a visita a seu tempo, sem se preocupar com horários; mas, antes mesmo dessa nova regra, dificilmente a permanência dos visitantes ultrapassava o atual limite.

3. Horários para as trilhas

É possível combinar o passeio ao sítio arqueológico com as trilhas às montanhas Machu Picchu e Wayna Picchu. Para a primeira são disponibilizados dois horários enquanto para a segunda são três. O horário da trilha é sempre uma hora depois da entrada dentro do parque:

Pelo site é possível escolher o horário de visitação

4. Proibição de reingresso no parque

Até 2017, era possível reingressar duas vezes no parque na mesma visita. Agora, além de um novo ingresso, o visitante terá que agendar um novo horário.

5. Acompanhamento de guia

Antes era possível fazer a visita por conta própria embora a maioria dos visitantes contratasse os serviços de um guia. Caso você não contrate esses profissionais com antecedência, não se preocupe. É fácil achá-los na entrada do parque. Em média, eles cobram 150 soles/ 176 reais para grupos de quatro pessoas.

Abaixo, os valores dos ingressos tendo abril/ 2019 como referência:

Anúncios

Deixe uma resposta