Como chegar ao Salar de Uyuni

O Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo
Na época da seca, o solo é formado por figuras geométricas de sal
São Pedro de Atacama é o ponto abaixo de Calama

Como chegar ao Salar de Uyuni ? É uma das perguntas mais frequentes de quem está planejando uma viagem ao deserto de sal. As duas cidades-base para conhecer o Salar são Uyuni, na Bolívia, e São Pedro de Atacama, no Chile. Caso você opte pela rota boliviana, a viagem de avião terá uma conexão em La Paz ou em Santa Cruz de La Sierra. As cidades contam com voos diretos de São Paulo. É possível fazer o trajeto de carro ou de ônibus, mas prepare-se para encarar percursos superiores a 500km.

Se a sua opção for pelo território chileno, você pegará um voo em Santiago com destino a Calama. A cidade fica a 1h de São Pedro do Atacama. Também é possível fazer o trajeto via terrestre Mas só é recomendado para quem tem muito tempo disponível porque a distância entre Santiago e São Pedro de Atacama é de 1.629km.

A vantagem de entrar pela Bolívia é que os preços são bem mais acessíveis e que há uma maior variedade de tours uma vez que Uyuni está mais próxima do Salar. Por outro lado, entrando pelo Chile, você pode fazer a dobradinha Deserto do Atacama/ Salar. Mas tenha em mente que são necessários pelo menos uns dez dias para conhecer os dois destinos e que São Pedro do Atacama é um destino caro.

Uma das coisas que pesou para decidirmos pela rota chilena foi o custo financeiro que teríamos, principalmente com passagens aéreas, com duas viagens distintas para destinos que podem ser combinados. Desta forma, postergamos um pouco nossos planos para economizar mais dinheiro e, posteriormente, conhecer os dois desertos em uma única viagem.

Quando ir para o Salar de Uyuni

É possível visitá-lo durante o ano inteiro embora a paisagem mude a depender da estação. No inverno, a região está seca e as temperaturas são mais baixas. Em compensação, é possível percorrer todo o Salar. As chuvas de verão, ao mesmo tempo em que podem limitar as áreas de visitação, também nos presenteiam com um espetáculo à parte. O Salar fica alagado e uma lâmina d´água reflete o céu, as nuvens, as estrelas … A gente perde a noção do limite entre o céu e a terra. Nós visitamos a região em setembro (primavera), quando as temperaturas começam a subir, mas ainda sentimos muito frio.

Possibilidades de tours

Partindo de Uyuni, você terá opções de passeios de um a três dias. Saindo de São Pedro, eles têm duração de três a quatro dias e podem ser privados ou em grupos. Obviamente, as acomodações e a alimentação de um tour privado são bem melhores. Consequentemente, os valores são mais altos.

O primeiro custa R$ 3.775 enquanto o segundo é mais acessível, ficando em torno de R$ 887. Não esqueça de levar bolivianos para o ingresso na Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa (150 bolivianos/ R$ 81), acesso a banheiros e outras despesas. Em geral, 300 bolivianos/ R$ 165 são suficientes para cobrir esses custos.

Pôr do sol no Salar

Com início e fim na cidade de Uyuni. O tour é um dos mais populares no verão, quando o Salar está alagado e a lâmina d´água reflete as cores do pôr do sol. Embora seja um passeio curtinho, de poucas horas, ele proporciona fotos maravilhosas.

Tour de 1 dia: com início e fim na cidade de Uyuni. Esse passeio é ideal para quem tem poucos dias disponíveis. Além de visitar o Salar, o tour inclui ainda visita ao cemitério de trens, ao antigo hotel de sal e à Ilha de Incahuasi. Particularmente, eu acho uma furada visitar todos esses atrativos em um único dia porque será tudo muito corrido.

Tour de 2 dias: com início e fim na cidade de Uyuni. O passeio inclui uma visita ao cemitério de trens e ao Salar. No dia seguinte, você escalará o vulcão Thunupa, de onde se pode apreciar o deserto de sal e a Ilha de Incahuasi.

Tour de 3 dias

Com início em Uyuni e fim em São Pedro de Atacama. O passeio inclui uma visita ao cemitério de trens, ao Salar, ao antigo hotel de sal e à Ilha Incahuasi no primeiro dia. Depois de pernoitar em um hotel de sal, parte-se no dia seguinte para o Altiplano Boliviano, onde se dorme em um refúgio. No terceiro dia, você visitará os gêiseres, o Deserto de Dali, as Lagunas Verde e Branca. Também é possível fazer esse tour saindo e chegando em Uyuni. A diferença é que o roteiro começa pelo fim.

Tour de 3 dias: com início em São Pedro de Atacama e fim em Uyuni. O passeio começa com uma parada nas Lagunas Branca e Verde. Em seguida, parte para o Deserto de Dali, Laguna Colorada e Vulcão Ollangue. A pernoite é num hotel de sal, de onde se parte para o Salar, Ilha Incahuasi e cemitério de trens. No terceiro dia, parte-se para Uyuni.

Tour de 4 dias: com início e fim em São Pedro de Atacama. Esse passeio é bem semelhante ao anterior. A diferença é que, no terceiro dia, ao chegar em Uyuni, você trocará de veículo para retornar a São Pedro. A pernoite é no vilarejo de Villamar. É a parte mais sem graça da viagem porque a paisagem além de não ser atrativa é monótona.  

Leia mais sobre o Altiplano Boliviano e o Salar de Uyuni

Travessia pelo Salar de Uyuni

Lagunas e águas termais no Altiplano boliviano

Dicas para visitar o Salar de Uyuni

Deserto e hotel de sal no Altiplano boliviano

Anúncios

Deixe uma resposta