Parque Nacional Torres del Paine

O Salto Grande é uma das quedas d´água de Torres del Paine
Salto Grande

O Parque Nacional Torres del Paine foi criado em 1959 e declarado Reserva da Biosfera pela Unesco, em 1978. Possui uma superfície de 227.298 hectares, com altitudes que podem chegar a 3.050 metros. Existem três acessos ao parque: Portería Rio Serrano, Portería Sarmiento e Portería Laguna Amarga. A primeira, mais perto de Puerto Natales uns 30 km, não está cadastrada no Google Maps, mas não tem errada. É só continuar na estrada que dá acesso à Cueva del Milodón. Ela é o caminho mais rápido para quem vai visitar o Lago Grey. A Portería Sarmiento é o principal acesso ao parque e a Portería Laguna Amarga é ideal para quem vai fazer a caminhada até a base das Torres.

O acesso pela Portería Serrano é o mais próximo de Puerto Natales

É fácil dirigir dentro do parque, mas é preciso reservar ¼ do tanque para voltar a Puerto Natales. Não há posto de combustível dentro do parque e respeite o limite de velocidade de 60 km/ h para evitar acidentes com outros veículos e animais. É fácil cruzar o caminho dos guanacos.

Clima em Torres del Paine

A instabilidade é a característica mais marcante da região e por isso mesmo se diz que é possível ter as quatro estações no mesmo dia. No verão, os ventos tornam-se mais frequentes e velozes..Os dias podem ter até 18 horas de luz e as temperaturas variam entre 6 e 12 graus. Já no inverno, as temperaturas beiram 0 grau. A intensidade dos ventos diminui, bem como as horas de luz (em junho, tem-se apenas 7 horas de luz solar). Como as temperaturas são baixas e os ventos fortes, a dica é levar casacos corta-vento,  calças impermeáveis, gorros, botas de trekking a prova d´água, óculos escuros e protetor solar.

Hospedagem no parque

Hostería Pehoé

O Lago Pehoé é uma das paisagens mais bonitas do parque. Deve ser um sonho acordar, abrir a janela e dar de cara para aquele visual. Mas o sonho tem um preço e não é nada acessível. As diárias mais baratas para hospedar-se em Torres del Paine ficam na faixa de R$ 500. Outra opção é acampar dentro do parque, que oferece uma boa estrutura de banheiros e alimentação para os mais aventureiros. Mas não pense em chegar com sua barraca e armá-la no primeiro lugar que der na telha. O negócio lá é organizado e é preciso reservar com antecedência pelo site do parque.   

Horários e Tarifas em Torres del Paine

Os ingressos podem ser comprados pela Internet ou na entrada do parque. No local, o pagamento é à vista e pode ser feito com pesos chilenos, dólares ou euros.

Temporada Alta (1º de outubro a 30 de abril)

AcessoHorário
Portería Laguna AmargaDas 8h30min às 20h
Portería SerranoDas 7h às 22h
Portería SarmientoDas 8h30min às 20h
CategoriaValor
Adulto chileno$ 6.000 (R$ 33,81)
Adulto estrangeiro$ 21.000 (R$ 118,33)
Adulto com com necessidades especiais$ 3.000 (R$ 16,90)
Criança chilena menor de 6 anosGratuito
Criança chilena de 6 a 18 anos$ 2.000 (R$ 11,27)
Criança estrangeira$ 6.000 (R$ 33,81)
Criança com necessidades especiaisGratuito
Pessoa Idosa$ 3.000 (R$ 16,90)

Temporada Baixa (1º de maio a 30 de setembro)

AcessoHorário
Portería Laguna AmargaDas 8h30min às 17h30min
Portería SerranoDas 8h30min às 18h15min
Portería SarmientoDas 8h30min às 17h30min
CategoriaValor
Adulto chileno$ 4.000 (R$ 22,54)
Adulto estrangeiro$ 11.000 (R$ 61,98)
Adulto com com necessidades especiais$ 2.000 (R$ 11,27)
Criança chilena menor de 6 anosGratuito
Criança chilena de 6 a 18 anos$ 1.000 (R$ 5,63)
Criança estrangeira$ 1.000 (R$ 5,63)
Criança com necessidades especiaisGratuito
Pessoa Idosa$ 1.000 (R$ 5,63)

Leia mais sobre a Patagônia:

Trekking à base de Torres del Paine

Torres del Paine de carro

Glaciar Perito Moreno

Glaciares Upsala e Spegazzini

Nas estradas da Patagônia

Diário de bordo: Puerto Natales

Patagônia: um destino com vários destinos

Anúncios

Deixe uma resposta