Como viajar de trem pela Itália

A Italo é uma das companhias de trem na Itália

É muito comum as pessoas ficarem na dúvida que modal utilizar para viagens internas na Europa. Para viagens de até quatro horas, o trem é a melhor opção porque é mais pontual e prático. Não é necessário chegar com grande antecedência para check-in, controle de passaporte, alfândega, restituição de bagagem. Além disso, o passageiro ainda tem a vantagem de descer no centro da cidade.

Trem na Itália

A maioria dos trens italianos são operados pela Trenitalia e Italo Treno. A primeira é estatal e por ser mais antiga tem uma cobertura maior que a Italo, que por ser mais nova tem trens mais novos e confortáveis. No entanto, apesar dessas diferenças, as viagens nas duas companhias são muito boas e os trens oferecem wi-fi. Comprando com antecedência superior a 90 dias dá para conseguir bilhetes por 10 euros.

O mesmo não se aplica às viagens em trens locais ou regionais porque os valores são sempre fixos. Por funcionarem como trens urbanos, os bilhetes desses trens podem ser comprados em máquinas de auto-atendimento nas próprias estações, mas é importante validá-los antes de embarcar no trem. Caso contrário, você corre o risco de pagar uma multa ao ser abordado por um fiscal. Geralmente, o validador do bilhete fica próximo às plataformas.

O site da Trenitalia tem versões em italiano, inglês, francês, alemão e chinês enquanto o da Italo tem versões apenas em italiano e inglês. Embora os sites não tenham versões em português, eles são bem intuitivos e fáceis de navegar. Se ainda assim você não se sentir à vontade, uma alternativa é comprar pelas agências Rail Europe ou Trem Italia. Mas lembre-se que será cobrada uma taxa pelo serviço.

No nosso roteiro de duas semanas pela Itália, optamos em visitar as cidades de Milão, Veneza, Roma, Florença e Pisa. Todos os descolamentos foram feitos em trens de alta velocidade (eles chegam a 300 km/h). A exceção foi a viagem Florença-Pisa-Florença, feita em trem convencional. Abaixo, o tempo de viagem entre as cidades:

  • Milão – Veneza: 2h35min
  • Veneza – Roma: 3h45min
  • Roma – Florença: 1h42min
  • Florença – Pisa: 1h10min
  • Florença – Milão: 1h50min

Leia mais sobre a Itália:

Vale a pena comprar o Roma Pass ?

Diário de Bordo: Veneza

Diário de Bordo: Milão

Diário de bordo: Florença e Pisa

Do aeroporto Malpensa ao centro de Milão

Como hospedar-se pelo Airbnb

Como fazer o Bernina Express

Anúncios

Deixe uma resposta